Outlier

Semana passada li o livro Outliers: Fora de série.

O livro foi escrito por Malcolm Gladwell e nos mostra seu estudo sobre os Outliers, as pessoas fora de série.

Como a definição de seu próprio livro mostra:

Outlier:
1 – Algo que está afastado ou é classificado diferentemente de um corpo principal ou relacionado;
2 – Uma observação estatística cujo valor na amostragem é marcadamente diferente dos demais.

É um livro interessantíssimo, que recomendo aqui. Veja não é um livro de inglês ou como estudar inglês. Mas tem alguns pontos no livro que é de extrema utilidade para qualquer pessoa empenhada em algum objetivo.

Teoria das 10.000 horas ou 10 anos.
Segundo essa teoria, você leva 10.000 horas para se alcançar a excelência em algo. Pode ser uma nova língua, a habilidade de se jogar xadrez, matemática, qualquer coisa.

O Q.I. não é fator determinante.
Através de alguns exemplos ele mostra que não necessariamente uma pessoa com alto Q.I. (quociente de inteligência) será mais bem sucedida em alguma área do que uma pessoa com um Q.I. menor.

Eu soube desse livro em uma palestra que fui assistir do Bernardinho (técnico da seleção brasileira de vôlei). Nessa palestra ele cita esse livro, a questão das 10.000 e sua obsessão por treinamento.

O que isso tudo tem a ver conosco? Simples! Devemos treinar, ou seja, pôr nosso conhecimento da língua inglesa em prática e estudar! Muito!

Se estudarmos três horas por dia, levaremos quase 10 anos para essa excelência então qualquer minuto de treino é importante.

Outra coisa que aprendi com o livro (e com a palestra) é a questão da motivação.

Que atire a primeira pedra quem nunca se cansou do estudo! Fora os milhares de estudantes que simplesmente dizem “Eu não gosto de inglês!”, confesso que já fui um desses.

Algumas coisas que aprendi e que podem ajudar nessa motivação:
1 – Pensar em como será quando o objetivo for alcançado. Ou seja, imagine-se falando inglês fluentemente em uma viagem, ou assistindo um filme sem legendas. Imagine-se em um novo emprego comunicando-se em inglês ou lendo livros;
2 – Não se acomode. Gere o desconforto. Tem medo/vergonha de se comunicar em inglês? Force-se à isso. Se meta em uma situação onde isso será necessário. Entre em uma sala de bate papo em inglês, ou aproveite alguma promoção de ligação internacional e ligue para algum hotel nos EUA, peça informações sobre a estadia, o local, preços e diga que liga mais tarde;
3 – A motivação vem de atividades que requerem ou fornecem Autonomia, Complexibilidade e Relação com a recompensa. Precisa mais para estudar inglês? A Autonomia virá quando você dominar a língua. Poderá se comunicar sem vergonha e sem a necessidade de um intermediador. Complexibilidade – basta tentar estudar phrasal verbs ou collocations! E relação com a recompensa – quanto mais você estuda e pratica, mais seu inglês melhora. Isso é bem claro quando por exemplo fazemos um exercício de listening e a medida que vamos escutando novamente começamos a entender melhor o que está sendo dito!

Esse post ficou comprido! Vou aproveitar para firmar aqui uma promessa de não demorar muito entre as postagens! Vou tentar ao menos um tópico por dia!

É isso!

Anúncios

One Response to Outlier

  1. Olá, Miltão, escrevi algumas coisas sobre esse novo livro do Gladwell no meu blog. Na verdade são três textos e o primeiro está em http://rodolfo.typepad.com/no_posso_evitar/2008/11/outliers-malcolm-gladwell.html
    Espero que você goste!
    Atenciosamente,
    Rodolfo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: